Charge extraída do Globo Esportes

Por José Carlos Araújo

Dia desses como pai tive tomar uma importância decisão por causa do comportamento de um dos meus filhos, Kayan, (6) o mais velho. O menino sem saber usou seu livre arbitre ao decidir que seria torcedor do Palmeiras.

Mesmo contrariando o irmão mais novo, Brunno, (3) oposto às ideologias do “maninho” como o trata, ele se dizia decidido.

Para mim foi uma das maiores decisão a ser tomada nos últimos anos, levando em conta a origem da minha família sobre para qual time torcer.

Vejo como item importante destacar que meus irmãos, primos e outras pessoas da minha família são torcedores do rubro negro carioca Flamengo. Não que tenho algo contra o “verdão”, mas não poderia ser outro? Mesmo passando por tudo aquilo não fui contra e sem muitas delongas acatei sem manifestação alguma contrária, e até o presenteei com um uniforme do seu clube. Quem dera um dia eu ter que ir a uma loja comprar o uniforme de outro clube a não ser o meu de coração.

Pois bem, chegará um dia em que você ou aquele terá que tomar uma importante decisão nas suas vidas, assim como eu tive que encarar a situação de compartilhar ideologicamente decisões contrárias a minha do meu filho.

Por mais simples que seja o motivo, precisamos estar sempre preparados para qualquer eventualidade com a que me sujeitei. É como se fosse à política. Restam-nos pouco tempo para que possamos decidir em quem votar.

A escolha é fruto daquilo que você pretende para sua cidade, seu país, seu estado.