Arte ilustrativa retirada da internet

Por José Carlos Araújo

O emocional é um fator psicológico tão poderoso que induz e pode mudar determinada opinião em fração de segundos.

Geralmente é usado por oportunistas, políticos, estelionatários entre outras pessoas capazes de usar suas técnicas em beneficio próprio para conquistar algo de seu interesse.

Assim tem sido as inúmeras técnicas transmitidas durante os programas eleitorais produzidos por todos os partidos.

É simples perceber esse fator. Geralmente os candidatos choram, usam as pessoas mais simples em seus depoimentos, estão em ruas esburacadas, em casas humildes e muito simples, enfim, eles sabem realmente sacanear.

Nesta quarta-feira, (18) tive passei por essa experiência desagradável quando um dos candidatos a governador por Mato Grosso, usou novamente sua família, filhos e esposa, para falar da sua vida passada e de suas dificuldades. Como se apenas ele exatamente fosse o único ovo da cartela ou o único cacho de uva de uma grande vinícola.

Pois bem, tive uma sensação de pena! Mas ainda não me convenceu.

Já vi tanta desgraça que mais um calamitoso não teria o direito de me induzir a nada de maneira tão vulgar e escachada, ainda mais agora quando o interessa esta em conquistar o nosso voto e nada mais.

Cuidado com os choros e histórias do passado, eles enganam!